Minha Resiliência de Thaisa Lima

10:00 Fabiana Pereira 8 Comments


Sinopse
Maria Clara é uma mulher marcada por seu passado. Um passado complicado que a jogou num universo sombrio e depressivo. Ela vive seus dias sem saber o que é esperança, imersa numa depressão profunda, usando uma máscara de "pessoa feliz" para disfarçar sua dor. Apesar de todo seu sofrimento, Maria Clara se reergueu e hoje é uma blogueira e youtuber de sucesso, conquistando fãs a cada dia.
Sem acreditar mais no amor e na felicidade, a vida lhe faz uma surpresa e apresenta Otávio, um homem que muda drasticamente a sua história. Será que Otávio finalmente trará a felicidade e vontade de viver que se perderam um dia? Ou será que ele irá destruir ainda mais os sonhos de Clara?
Repleto de reviravoltas e momentos marcantes, Minha Resiliência é uma história de amor, superação e perdas irreparáveis que levarão o leitor a acreditar em segundas chances e no poder restaurador do amor.
Opinião
É um livro que vai falar sobre auto estima e superação.
Com alguns trechos narrados de forma rápida e outros mais devagar, vamos conhecer a vida inteira de Maria Clara, uma blogueira literária com um passado triste e que tenta fazer seus dias atuais melhores. A história é longa e ao mesmo tempo bem trabalhada. A sensação é de que estamos lendo um diário e entrando diretamente dentro da cabeça dessa personagem.

"Aquele livro me fez lembrar de momentos que hpa muito fiz questão de esquecer."

A personagem principal é sensacional e adora fazer provocações. Ela é fora dos padrões de beleza: é gordinha e ao decorrer da história é possível perceber como ela  cativa a todos e tem uma sensualidade incrível. Acompanhamos um pouco do seu dia-a-dia, conhecemos seu passado e os desafios e inseguranças do presente.
Ao decorrer da narrativa e da loucura que é a vida de Maria Clara, surge Otávio, um homem misterioso que sempre acompanha seu blog e que começa a enviar mensagens para ela. A partir dai entramos em um romance gostosinho  ~e que talvez o sonho de toda blogueira literária~ que promete trazer mais felicidade para os dias da nossa personagem principal. Há cenas picantes recheadas de descrições. Fiquei encantada pelo casal.

"Você faz eu sentir as mesmas emoções que senti durante a leitura deste livro: apreensão, medo, desejo de descobrir mais e de alcançar o objetivo, paixão e acima de tudo, você me salva a cada dia do mundo sem cor que eu vivia."

Uma coisa que achei bacana é que em alguns trechos há "sotaque" nos diálogos, a autora manteve a escrita da forma como se fala.

O livro possui um conteúdo um pouco pesado por falar de relacionamentos abusivos, depressão e ansiedade. Estes foram retratados bem e as ações e pensamentos de Maria Clara mostram direitinho o que acontece durante uma crise e toda a confusão mental que aquilo se torna. Lembrando que o livro não fica focado nisto e mostra como a personagem enfrenta todas estas situações.

"Diferente do que as pessoas pensam, depressão não tem nada a ver com tristeza. Na verdade, nós não sentimos absolutamente nada quando estamos deprimidos."

Acabei demorando para terminar a leitura. A Thaisa aborda temas delicados, e como disse antes, senti como se estivesse lendo um diário, então algumas partes precisaram ser digeridas com calma. Houveram trechos que acabei me identificando com situações que a personagem enfrentou, isto acabou me tocando lá no fundo e fez com que eu diminuísse o ritmo da leitura. Talvez eu não estivesse em um bom momento para ela.

Recomendo para todos que gostam de uma história completa, com reflexões, aceitação e um romance bem sensual.

Um agradecimento especial a Thaisa Lima pela parceira e oportunidade de ler este livro. Espero que gostem tanto quanto eu. 



| Editora: Publicação Independente
| Autora: Thaisa Lima
| Páginas: 406
| Skoob |

















8 comentários:

  1. Fabi sua linda, que resenha mais amor! Obrigada por ter lido o livro e por suas lindas palavras.

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?

    Não conhecia essa obra e já fiquei com vontade de ler. Gostei da personagem só de ler sua resenha e a história parecendo um diário, achei diferente e bem interessante. Acho legal as histórias que trazem temas que apesar de delicados, são importantes. Um jeito de combater e ajudar quem precisa. Dica anotada!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá! Primeiramente, adorei a foto! Me interesso muito por esse tipo de leitura que trata de amor próprio em pessoas fora do padrão de beleza. Depressão e ansiedade, bem como relacionamentos abusivos são temas que eu curto ler para saber como tudo se resolve. É comum eu também ficar mexida quando eu leio esse tipo de coisa. Beijos! Karla Samira

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Achei a premissa bem interessante, porém não parece ter um ritmo que me prenderia, não sei sé real isso, mas fiquei com essa impressão. De qualquer forma parece um livro bem complexo e forte e é por isso e por sua opinião positiva que vou anotar a dica e talvez ler quando tiver um tempinho entre uma leitura e outra.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu aprecio muito quando os autores abordam temas reais e pouco discutidos, como depressão e ansiedade, por exemplo, e outros assuntos delicados. Só espero que a autora tenha conseguido trabalhá-los bem, pois no trecho que você destacou a personagem diz que quem está deprimido "não sente nada", o que foge bastante da realidade de pessoas que sofrem com a depressão (como eu). Quem tem depressão sente sim, e sente muito, com intensidade! Lendo aquele trecho fiquei com a sensação de que a autora não sabia do que estava falando, o que me desanimou muito em ler o livro, porque ao tocar em assuntos como esse, os autores precisam saber sobre o assunto, pesquisar, entender... Enfim... Se não fosse por isso, eu provavelmente daria uma chance à história.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Oiii,

    Não conhecia o livro e nem a autora, mas já amei! Que história interessante! Fiquei curiosa para saber como ela aborda as questões delicadas e como as reviravoltas vão acontecer, mas o que mais me chamou a atenção na sua resenha foi a presença do sotaque na escrita, fiquei muito curiosa para saber se da a sensação real de que estamos ali com a personagem no momento de uma forma mais forte do que normalmente se sente nas leituras. Amei a dica.

    Beijinhos...
    http://www.equipenerd.com.br

    ResponderExcluir
  7. Nunca tinha visto uma resenha desse livro e nem conhecia a autora, mas a premissa me pareceu interessantíssima, principalmente por abordar questões delicadas. Já fiquei curiosa para saber como serão as reviravoltas e qual o desfecho da história.
    Vou deixar a dica anotada e pretendo conferir assim que possível.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi Fabi!
    Não conhecia esse livro, mas já gostei da abordagem da história, quando nos faz refletir ou até mesmo se colocar no lugar do outro. tem assuntos delicados, mas é aí que a trama fica mais envolvente e me prende. Parabéns pela resenha fiquei curiosa sobre a personagem e como você mesmo comentou que parece um diário fica mais empolgante em ler, obrigado pela dica. Bjs!

    ResponderExcluir