Filme: O chamado do Mal


Duração: 90 minutos
Direção: Michael Winnick
Elenco: Josh Stewart, Delroy Lindo, Bojana Novakovic
Gêneros: Terror, Suspense
Nacionalidade: EUA
Sinopse: Quando Adam (Josh Stewart), um jovem professor universitário, aceita trabalhar ​em uma grande e respeitada universidade, ele e sua esposa grávida, Lisa (Bojana Novakovic), se mudam para uma casa de campo nos arredores da cidade. Tudo parece perfeito, mas logo depois que o casal ​se instala e Adam começa no novo emprego, Lisa sofre um aborto espontâneo em circunstâncias misteriosas, o que faz com que ela não perca só o bebê, mas também a capacidade de ter mais filhos.
Comentários
O chamado do Mal possui um trailer chamativo e nos deixa curiosos para assistir e entender o que ou quem fez Lisa sofrer o aborto.
Porém esta curiosidade logo vai embora devido ao enredo pouco elaborado do filme, tudo é entendido logo de cara  e não são necessárias muitas explicações sobre os acontecimentos. 
As soluções para os mistérios do filme viram de forma rápida, por exemplo: Adam  começa a dar aulas de matemática em uma universidade e por acaso o responsável por seu departamento, o Dr. Clark,  é um pesquisador de acontecimentos paranormais. Após começarem a acontecer coisas estranhas, Clark vai até a casa de Adam e lhe dá todas as resposta para o que está acontecendo. O final da história caba sendo simples e lógico.
A entidade que aparece no filme não dá medo e não tem um motivo relevante para suas ações, são poucas as informações que temos sobre ela.



Há personagens com potencial para fazer algo interessante devido sua personalidade misteriosa e no final deixam a desejar.
Além disso, o filme possui muitos clichês deixando algumas cenas extremamente previsíveis acabando com os efeitos de medo e apreensão. A forma como utilizaram os elementos clássicos do terror fez a história ficar com o ar de nada inovadora. 

Acabei não gostando do filme, esperava algo melhor. Senti que estava vendo a adaptação de  um  daqueles contos em que você lê em um dia apenas para passar o tempo, sem precisar elaborar teorias ou buscar respostas.
Faltaram elementos marcantes.

Trailer



Nenhum comentário:

Postar um comentário